Realizado na mina Cuiabá, o tradicional Festejo de Nossa Senhora do Rosário reuniu os moradores da comunidade de Pompéu e de cidades vizinhas

Em uma manhã festiva e de muita fé, a nossa empresa reuniu, no dia 03/08, moradores de Sabará, Nova Lima, Raposos, Caeté e Belo Horizonte durante o Festejo de Nossa Senhora do Rosário. O evento já faz parte do calendário anual da capela localizada dentro da mina Cuiabá, tombada como patrimônio histórico desde 1978, quando tornou-se uma relíquia cultural da unidade.

Os participantes acompanharam de perto o tradicional grupo de congado de Santo Antônio de Roça Grande, que apresentou músicas e danças que celebram a cultura afro-brasileira, alegrando a manhã dos visitantes. Margarida José, que trabalha na empresa Brasanitas, prestando serviços no Centro de Memória AngloGold Ashanti, em Nova Lima, prestigiou a atração na capela, que possui um valor familiar muito importante para ela e sua família:

“A minha mãe foi batizada nesta capela e meu bisavô foi sepultado aqui também. Toda a família da minha mãe é de Pompéu. Minha mãe sempre me contava que parte da nossa família possuía terrenos aqui na região e foram vendidos para a Morro Velho quando a empresa iniciou suas atividades por aqui”, contou a moradora de Raposos. “Foi uma manhã muito linda aqui na capela. É preciso ter bastante respeito pela guarda, pelos representantes do congado. A festividade é repleta de detalhes que encantam bastante, e toda essa fé nos motiva para a vida”, completou Margarida.

Além de Margarida, participaram do festejo outras 24 pessoas. Entre eles, cinco Voluntários da Memória e seus familiares. O grupo integra parte do programa “Memória Viva”, do Centro de Memória. 

Esse foi primeiro encontro da comunidade para uma celebração na capela após a reforma do altar, finalizada em 2018.

Os visitantes participaram de missa com padre Nivaldo, dentro da capela Nossa Senhora do Rosário.